2 IMPLEMENTAÇÕES DE PYTHON CURIOSAS

Hoje trazemos-lhe duas implementações curiosas de píton. Até agora tínhamos visto píton no lado do servidor com tornado, frasco ou django mas nunca tínhamos visto uma implementação para substituir o javascript.

Embora a esse nível o Javascript seja muito mais avançado uma vez que tem muitas estruturas e bibliotecas como Angular ou JQuery, estas implementações são funcionais. Até apoiam as chamadas http Ajax.

A primeira implementação é brython

Esta implementação pode ser descarregada a partir de https://github.com/brython-dev/brython/releases/tag/3.7.0rc1. E pode consultar o procedimento de instalação em http://www.brython.info/static_doc/en/install.html nesta ligação verá como realizar a etapa de instalação.

Alguns exemplos de códigos curiosos são:
http://www.brython.info/static_doc/en/ajax.html:

from browser import document, ajax

def on_complete(req):
   if req.status==200 or req.status==0:
       document["result"].html = req.text
   else:
       document["result"].html = "error "+req.text

req = ajax.ajax()
req.bind('complete',on_complete)
# send a POST request to the url
req.open('POST',url,True)
req.set_header('content-type','application/x-www-form-urlencoded')
# send data as a dictionary
req.send({'x':0, 'y':1})

-O segundo exemplo é com a biblioteca asyncio, que é utilizada para fazer chamadas assíncronas.

import asyncio

@asyncio.coroutine
def test_wget(urls):
    results = []
    for u in urls:
        req = yield asyncio.HTTPRequest(u)
        results.append(req.response)
    return results

t = asyncio.ensure_future(test_wget(['http://google.com','http://wikipedia.org']))

As informações necessárias podem ser obtidas em http://www.brython.info/static_doc/en/intro.html

A segunda implementação que trazemos é o PyJS.

Esta aplicação tem a documentação gerada com javadoc. Toda a informação API pode ser encontrada em http://pyjs.org/api/ para que no seu interior possa encontrar todas as soluções para as necessidades que possa ter ao utilizar este intérprete python.

Esta biblioteca pode ser descarregada a partir de http://pyjs.org/Download.html e pode ser utilizada como descrito nas amostras de código em http://pyjs.org/examples/. Como indicado em https://github.com/pyjs/pyjs/wiki/GettingStarted (onde também lhe diz como começar) PyJS é um “compilador” python para javascript. Converte o código gerado numa aplicação Javascript funcional, tal como o typescript faz. É bastante útil se se quiser evitar a programação em Javascript.

Estas 2 curiosas implementações de pitões são mostradas apenas como uma curiosidade, não recomendamos a utilização de nenhuma das 2 tomadas em produção. Se recomendássemos um dos dois, optaríamos pelo PyJS porque ao converter o seu código para JS evita a camada de tradução cada vez que executa a web.

 

Deixe uma resposta